domingo, 27 de abril de 2014

Sobre superficialidade

    

    Flashes. Sorrisos. Caretas. Como é fácil ser feliz nas fotos né? Só dar uma arrumadinha aqui e ali, escolher o melhor ângulo e pronto, nossa vida é perfeita nas redes sociais. Queremos sempre ser bem vistas aos olhos de todos, aí está tudo bem. Mas isso é mesmo suficiente?
    O espelho nos mostra a nossa imagem e não tem jeito, acabamos escravas dela. O problema é que o espelho não é nada mais do que uma simples superfície plana, sem profundidade alguma. Pra que ter caráter quando se tem um corpo bonito, não é? A verdade é que ninguém mais liga pra o que tem além da aparência.
    Isso se comprova nas baladas. É só olhar ao redor pra perceber que a maioria não está se divertindo de verdade, porque pra isso é preciso parar de se preocupar se o cabelo ainda está no lugar, se a maquiagem está borrada ou se as unhas não quebraram.
     As pessoas têm que aprender que o tempo vai passar e a aparência não vai definir quem elas são, porque de uma maneira ou outra tudo muda mais tarde - se é que você me entende.
     Óbvio que não estou dizendo pra pararmos de nos cuidar e não ligarmos pra autoestima. É muito importante nos sentirmos bonitas e seguras sim, mas não deixar a vaidade passar por cima dos valores é essencial.
       E aí, quem você prefere agradar/ver feliz? Você ou “os outros”? 

(Texto escrito em 2011)

2 comentários:

  1. Tudo é passageiro, até mesmo um "rostinho bonito". As pessoas estão cada vez mais dando mais valor pro exterior, e deixando o interior de lado, deixando os valores de lado. Eu acredito muito na beleza interior, aquela pessoa que é simples, que tem caráter, um coração bom, que não tem uma beleza exorbitante mas que mesmo assim é linda. Mas está cada vez mais difícil encontrarmos pessoas assim, o que é meio desanimador porém creio que ainda existam pessoas assim (mesmo que seja raro). Obrigada por compartilhar esse texto maravilhoso conosco! Amei seu cantinho! Beijosss :}

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Infelizmente está cada vez mais difícil encontrar alguém que se importe com alguma coisa alem das próprias unhas" mesmo.. Adorei sua opinião Dé!
      Obrigada pelo carinho, beijão <3

      Excluir